Cia  da palavra

A poética transforma a palavra num cristal de rara beleza.

Ler é nobre.
Textos


Falso Cenário

Falso cenário

Nada é muito.
O nada para quem
não tem nada é tudo.
O tudo para quem tem muito
é nada.
Porque quem tem muito
nada tem.
Nada para quem tem ódio.
Nada para quem tem inveja.
Nada para quem mata.
Isso é nada.
Quem não tem nada
pode ter o amor
que é tudo.
Nada é maior que o amor.
O amor é tudo.
Quem não conhece o amor,
será sempre um selvagem,
cometerá barbáries,
será nada
e como nada
deverá ser julgado
e punido
com o mesmo peso
do crime ou barbárie cometidos.

Nelmara Cosmo
COSMO
Enviado por COSMO em 07/03/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras