Cia  da palavra

A poética transforma a palavra num cristal de rara beleza.

Ler é nobre.
Meu Diário
11/10/2019 13h44
A paz

paz se faz. 

Depende de nós.

 

A paz se desfaz

depende de nós.

A paz é movimento,

é ternura, é vida.

Para se ter a paz

depende de nós

de ninguém mais.


Publicado por COSMO em 11/10/2019 às 13h44
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
10/10/2019 16h22
Brasil

Brasil

Beleza

Religiosidade

Audácia

Sincronia

Iluminado país

Lição de Natureza.


Publicado por COSMO em 10/10/2019 às 16h22
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
10/10/2019 15h47
Nem sempre

Nem sempre

Nem sempre se vive esperando,

nem sempre se vive amando.

Nem sempre se acha o acaso.

Se torce ao contrário.

Nem sempre se ama o 

           amor.

 

Se sacia sem comer.

Se vive sem viver.

Nem sempre, nem sempre....

mas sempre se acorda,

pois o relógio marca a hora

e o tempo marca o

              sempre.

 


Publicado por COSMO em 10/10/2019 às 15h47
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
09/10/2019 17h58
Da janela

Acordo. Manhã de céu azul,

sem nuvens para imaginar carneirinhos,

     para sonhar

     com castelos.

Acordo enquanto tantos acordam em diversas janelas,

azuis ou amarelas.

Vendo o mesmo imenso céu azul .

Acordo, mas estou triste 

porque tantos sem esperança

olham pelas janelas .

Morrem diante de janelas.

Diante do céu azul.

Diante de uma sociedade hostil.

Acordo, manhã de céu azul.

Minha janela é linda!


Publicado por COSMO em 09/10/2019 às 17h58
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
09/10/2019 15h44
Ser poeta

Ser poeta
Poeta é ser um pouco de tudo.
É ser louco.
É ser mago,peregrino. É ser perene.
Ser poeta é ser místico, mágico.

Ser tudo e nada. Nada no mundo, muito de si.
Fecundo, frutífero e febril.
Ser, simplesmente ser poeta 


Publicado por COSMO em 09/10/2019 às 15h44
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 5 de 8 1 2 3 4 5 6 7 8 [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras