Cia  da palavra

A poética transforma a palavra num cristal de rara beleza.

Ler é nobre.
Meu Diário
06/02/2020 19h37
A Luz

A luz

 

Precisamos acreditar.

Perceber a nossa importância.

A nossa beleza.

Ter certeza do amor, da vontade.

Esquecer a idade...

Sair, correr mesmo em pensamentos...

Cavalgar, galopar sobre estrelas...

Colher a orvalhada manhã.

Não despontar num dia nublado.

Beijar a si própria.

Gritar ao próprio ouvido.

Esperar com esperança

o dia agora

e acreditar

que tudo será

do jeito que se quiser

porque acreditamos, 

porque sorrimos,

porque vivemos

e contagiamos com a vida.

 

Nelmara Cosmo


Publicado por COSMO em 06/02/2020 às 19h37
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
15/12/2019 12h45
Por que ?

Cidade tão linda,

Tão abençoada.

Rio de janeiro,

Verão o ano inteiro.

Pessoas perdidas 

Andando sem rumo ..

Bares cheios de tédio,

Cheios de tudo.

Desgraça sem graça.

De um Rio hospitaleiro,

Guerreiro

Que luta em suas lutas pela igualdade.

Rio tão lindo!

Minha terra natal.

Choro a violência derramada,

A paz esquecida numa rua qualquer.

A


Publicado por COSMO em 15/12/2019 às 12h45
 
07/12/2019 10h24
O tempo especial

O tempo cuida

De cada tempo.

O tempo zela.

O tempo guarda

 aquela mesa colocada no quintal.

O tempo guarda o sorriso.

O tempo observa a toalha alva de uma manhã de sol.

O tempo contempla

Os bancos artesanais, 

O tempo olha a  árvore ao longe de um verde presente .

O tempo penetra e busca pensamentos 

Que agora transformo em poética .


Publicado por COSMO em 07/12/2019 às 10h24
 
13/11/2019 19h08
Mãos

Mãos que trafegam mais. Mãos que representam ais.

Mãos de mães demais.

Mãos de amor eternamente.

Mãos de mães são para sempre .


Publicado por COSMO em 13/11/2019 às 19h08
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
13/11/2019 10h11
Pergunta

Onde está o amor?

O sorriso, espaço aberto da alma?

Por que desapareceu o bom dia?

E a alegria?

Sumiu o compromisso,o respeito, a honestidade. Por que?

Sumiu o gosto do biscoito,

o sabor do queijo.

Será que não tem jeito?

Desapareceu a parceria,

a inocência, a clemência...

Procura- se o afeto, verdade.

Procura- se o cheiro do amor...

 


Publicado por COSMO em 13/11/2019 às 10h11
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 1 de 7 1 2 3 4 5 6 7 [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras