Cia  da palavra

A poética transforma a palavra num cristal de rara beleza.

Ler é nobre.
Textos


Mãozinhas tão pequeninas,
orvalhadas de ingenuidade.
Repletas de esperança.
Vem pequenino botão
Orvalhar nosso chão.
Ensinar o valor do olhar.
Brincar a brincadeira do amor 
Vem nos ensinar
o valor de amar.
Constrói teus castelos
Porque nós não sabia amar!
​​​​​
COSMO
Enviado por COSMO em 18/11/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras